UFN Digital realiza reunião com gestores e professores Assessoria de Comunicação (ASSECOM)
04/01/2019

Professores e gestores da UFN Digital se reuniram nesta sexta-feira, 04 de janeiro, para projetar o ano de 2019 e aprimorar os processos. Além disso, foram apresentados as potencialidades e os desafios da EAD, e as conquistas obtidas pela equipe ao longo do ano de 2018.

A Vice-Reitora da Universidade Franciscana, Solange Binotto Fagan, apresentou os potenciais da Educação a Distância da UFN. Segundo ela, pode-se destacar a possibilidade de realizar uma 2ª licenciatura em pouco tempo, a realização de um curso de graduação como o presencial, mas em curta duração, além de formação pedagógica para não licenciados junto ao núcleo comum das licenciaturas e, também, a oferta de disciplinas à distância em cursos presenciais.

Taize Machado de Andrade Lopes, coordenadora da Educação Virtual da UFN explicou o funcionamento do processo de produção dos cursos à distância, sejam eles de graduação, extensão ou especialização.

Ela explicou que a coordenação da EaD recebe uma demanda de curso da Reitoria e, a partir daí, o setor pedagógico inicia o processo de criação do curso junto ao orientador pedagógico. Depois do conteúdo pronto, começa a produção que é seguida de revisão, validação e publicação do material.

“O objetivo com o fluxo de produção da UFN Digital é ofertar aos estudantes cursos com qualidade, viabilidade técnica e financeira, e que tenham a possibilidade de serem replicados conforme o interesse institucional”, ressalta.

Hoje, a UFN Digital conta com 3 setores: Coordenação Pedagógica, Coordenação de Produção e Coordenação de Tecnologia Educacional. O primeiro é composto pelo coordenador, orientadores pedagógicos, revisor de linguagem, técnico-administrativo responsável pela publicação dos conteúdos no Moddle e um supervisor de tutoria.

Já na Produção estão envolvidos um coordenador técnico e um administrativo, além de programador, designer e editor de imagens. Na Tecnologia Educacional existe um responsável pela coordenação e que trabalha diretamente com a Unidade de Tecnologia da Informação da Universidade.

“Em 2018, tivemos 700h de orientação para a Graduação, 606h para os cursos de Especialização Lato Sensu e 300h para os de Extensão. Cerca de 25% dos professores da IES foram formados pela orientação pedagógica da EaD e trabalharam em 49 planos de tutoria”, destacou a coordenadora pedagógica da UFN Digital, professora Valéria Iensen Bortoluzzi.

Busca-se em 2019, ampliar a gama de cursos ofertados na modalidade EAD da Rede Scalifra de Educação, com cursos corporativos e aumentar a formação docente para atuação na UFN Digital e o trabalho em equipe de forma multidisciplinar. 

A Reitora Irmã Iraní Rupolo, também se fez presente na reunião e parabenizou a equipe da UFN Digital ela rápida evolução que obteve-se comparada outras IES que trabalham com educação virtual.

“Nós, enquanto professores, ensinamos o aluno e não uma turma. A individualidade da educação a distância está trazendo um novo olhar para a educação presencial, onde pensamos no aprendizado do aluno e não no aprendizado da turma conjunta. O ensino a distância e o ensino presencial se complementam e seja de uma ou outra forma, é educação e a UFN como um todo trabalha em prol disso”, finalizou a reitora. 


divulgar@unifra.br | 3220 1200 - Ramal 1296
Acesse - Comunicação