o que é pós-graduação
  1. Blog da UFN
  2. o que é pós-graduação

Entenda a diferença entre especialização, mestrado e doutorado.


Você sabia que a graduação é apenas o primeiro passo na sua formação acadêmica?

Isso mesmo. Para quem busca dar continuidade aos estudos depois de concluir um curso de graduação, existem distintas possibilidades no campo da Pós-Graduação.

Neste guia, vamos explicar passo a passo como funciona esta progressão, e como você pode descobrir o melhor caminho a tomar no seu futuro acadêmico.

Lembre-se! Escolher a pós-graduação mais alinhada com os seus objetivos de carreira é muito importante.


Direto ao ponto!


O objetivo dos cursos de Pós-Graduação é formar profissionais mais especializados em determinadas áreas de atuação, tanto no âmbito acadêmico quanto profissional. Assim como o próprio termo já explica, estes cursos estão disponíveis para o aluno após ele concluir a sua graduação.
O Ministério da Educação (MEC) regulamenta três tipos de cursos para o campo da pós-graduação: A Especialização, o Mestrado e o Doutorado. Estes termos são muito conhecidos, mas o que muita gente desconhece, entretanto, é que cada um deles está classificado como Stricto Sensu ou Lato Sensu.

Confira a diferença entre Lato Sensu e Stricto Sensu.


Lato Sensu
: É uma expressão em Latim que significa "em sentido amplo".

Nesse aspecto estão classificados os cursos de Especialização, mais direcionados à atuação profissional. Aqui encontram-se os cursos de aperfeiçoamento técnico, bem como os cursos designados ao MBA.

Os cursos lato sensu devem ter duração mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas. A duração poderá ser ampliada de acordo com o projeto pedagógico de cada curso e o seu objeto específico.

Tanto as especializações comuns quanto os MBAs, possuem um foco bastante dirigido a uma determinada área ou assunto, e são tratadas de maneira objetiva e certeira em seus conteúdos. Em suma, a pós lato sensu deixará você mais preparado para exercer determinada profissão com maestria. O foco aqui é o mercado de trabalho!

Exemplo: Um profissional que é formado em Sistemas de informação pode optar por uma especialização em Redes de computadores, visando atender uma demanda de mercado por esses conhecimentos.


Tipos de especialização


No campo das especializações é possível optar por cursos diversos entre as áreas das Ciências da Saúde, Humanas, Sociais e Tecnológicas.

O que é MBA?
Do termo em inglês Master in Business Administration, este é um curso lato sensu voltado para quem quer aprimorar conhecimentos de administração e obter uma visão aprofundada e global do mundo corporativo. O MBA é muito procurado por empresários, executivos e gestores.

Tipos de MBA
Existem diversos tipos MBAs com foco em temas específicos como tecnologia da informação, saúde, marketing, agronegócio, entre outros. Mas o aluno deve ficar atento à grade curricular, já que mesmo os MBAs segmentados devem conter dois terços do tempo com disciplinas de gestão e administração.


Stricto Sensu
: Esta é também uma expressão em Latim, que no meio acadêmico significa ‘’ em sentido estrito’’. Aqui, encontramos os cursos mais longos, voltados à formação científica e acadêmica e também ligados à pesquisa. O stricto senso corresponde aos níveis do mestrado e doutorado.

A pós-graduação stricto sensu começa pelo mestrado. Um curso com duração de 2 anos, que termina na defesa de um trabalho de dissertação diante de uma banca examinadora. Aqui você pode escolher entre dois tipos de mestrado, cada um com um foco:

Mestrado acadêmico: ideal para quem se dedica muito ao trabalho teórico, de leitura e pesquisa, e gostaria de seguir na universidade como pesquisador ou professor, por exemplo.

Mestrado profissional: este é voltado mais para a prática, isto é, na aplicação do conhecimento direcionado ao mercado de trabalho de forma mais específica.

Ambas as opções conferem ao estudante o título de mestre no final do curso, dando a ele o direito de seguir adiante pelo doutorado. Com ambos os títulos é possível ser professor em cursos de graduação.


O segundo passo da pós-graduação stricto sensu é o doutorado.

O doutorado é o ponto alto de quem elege seguir uma carreira universitária. O curso tem duração de 4 anos e exige a elaboração de uma tese, para que o aluno obtenha o título de doutor. A tese consiste em uma pesquisa em torno de uma hipótese inédita, que ainda não foi levantada nem testada por ninguém.

Nesta etapa da pós-graduação, o trabalho é extremamente teórico. Por isso, o curso tem mais validade para quem deseja tornar-se pesquisador ou professor.

Requisitos para fazer pós-graduação

É importante lembrar que apenas portadores de diploma em um curso superior podem optar por fazer uma pós-graduação, seja stricto sensu ou lato senso.


Posso realizar pós-graduação em um curso que não está ligado à minha área de formação?


Pode. Se você já é formado em um curso de graduação, pode fazer uma pós-graduação em qualquer área, desde que seja aceito pela instituição de ensino, que possui autonomia para determinar os critérios do processo seletivo para ingresso no curso.

Posso atuar como profissional em outra área, que não seja a que obtive a graduação?

Não. Para exercer as atividades de uma profissão de nível superior regulamentada por lei é preciso ser portador de diploma de graduação naquela área e registro no conselho regional daquela profissão.


Em resumo, cursar uma pós-graduação em outra área não irá lhe possibilitar mudar de profissão se você não cursar a graduação deste curso especifico. É apenas uma forma de ampliar o seu conhecimento em áreas distintas.
Vale lembrar que a ausência de registro profissional no desempenho de atividades que a lei assim exige configura o exercício ilegal da profissão, que é um crime nas áreas de medicina, odontologia e farmácia, e uma contravenção penal, nas demais áreas.

Referência: Todas informações deste guia são baseadas em diretrizes regulamentadoras do Ministério da Educação (MEC). Saiba mais acessando: www.mec.gov.br